O concurso público promovido pela Defensoria Pública da União, que previa a contratação de profissional para a vaga de Analista Técnico-Administrativo foi suspenso após solicitação de impugnação do Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro ao edital do concurso.

Na qualidade de órgão orientador e fiscalizador do exercício da profissão o CRA-RJ verificou que de acordo com a descrição da vaga, apenas Administradores estão aptos a desempenhar as funções exigidas, enquanto a vaga pedia formação em outras áreas que não estão ligadas apenas à gestão.

Em nota a Defensoria pública da União divulgou o ocorrido e se comprometeu a dar novas instruções aos participantes.

Veja as demais ações de fiscalização do CRA-RJ. Para denunciar o exercício ilegal da profissão, utilize o canal exclusivo do Conselho.