Abrindo o segundo dia de palestras do X Encad, o jornalista Pedro Dória, o consultor Marco Dalpozzo e o Adm. Carlos Henrique Mendes da Rocha apresentaram o painel “O profissional na era digital”, trazendo o comportamento humano diante das constantes mudanças tecnológicas pelas quais passa a sociedade.

Colunista no jornal O Globo, Pedro Dória falou sobre as principais transformações que ajudaram o homem em seu processo evolutivo, na definição de padrões e como essas mesmas ideias que pareciam revolucionárias foram se alterando de acordo com o desenvolvimento da tecnologia. O jornalista citou a criação do livro impresso e da internet como dois períodos distintos em quem a sociedade passou a ter um fluxo maior de informação.

20161006_094704“Essas duas ações fizeram com que dois tipos de preços diminuíssem: o valor da distribuição e da reprodução da informação. É um dos exemplos que demonstram como os processos de inovação se renovam constantemente. Daqui há 20 anos nós viveremos em um mundo totalmente diferente daquele que compartilhamos hoje”, prevê Dória.

Consultor com grande experiência no setor de RH, Dalpozzo fez uma relação entre o presente e o futuro da aplicação tecnólogica na sociedade. Para ele, precisamos desenvolver melhor a conexão e o diálogo com as novas tecnologias, ampliar as suas funcionalidades e não abandonar as essências humanas.

20161006_100557“Essa relação homem e máquina é um grande tema que nos afeta e começou um momento em que devemos nos relacionar com a tecnologia de igual para igual, não deixando mais que ela imponha mudanças em nossas vidas sem grandes questionamentos”, afirmou Dalpozzo.

Após as colocações, o Adm. Carlos Henrique da Rocha, conselheiro federal pelo CRA-PI, que atuou como presidente de mesa durante a apresentação, abriu para as perguntas dos presentes direcionadas aos palestrantes, ampliando o debate em torno da temática desenvolvida.