Na qualidade de órgão orientador e fiscalizador do exercício da profissão, o Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro solicitou a impugnação do edital do concurso público promovido pelo Conselho Regional de Farmácia do Estado do Rio de Janeiro.

O edital do concurso prevê vagas para cargos de nível médio e superior. Dentre as vagas, está a de Gestor de Recursos Humanos. Como requisitos, é pedido no edital formação superior em Psicologia, Pedagogia ou Administração de Empresas, quando o cargo é uma atividade profissional privativa aos profissionais de Administração e Tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos.

O setor de Fiscalização do CRA-RJ foi notificado dessa irregularidade através de uma denúncia. Para contribuir com o trabalho de fiscalização do Conselho os profissionais, que encontrarem possíveis irregularidades em editais de concursos e licitações, que explorem atividades ligadas à ciência da Administração, podem entrar em contato direto com o setor ou ainda utilizar do canal de Clique Denúncia.

Veja o ofício de impugnação enviado ao presidente do CRF-RJ.

Confira