/Disciplina é peça-chave na boa gestão financeira pessoal e familiar

Disciplina é peça-chave na boa gestão financeira pessoal e familiar

2018-04-27T09:37:13+00:00

A gestão financeira pessoal e familiar eficiente promove uma série de benefícios a médio e longo prazo. Mas muitas pessoas desconhecem como gerir corretamente o dinheiro disponível, o que leva a um déficit na hora de fechar a conta mensal ou anual. Se você já sabe como lidar com o orçamento doméstico, esta é uma oportunidade de se aperfeiçoar. Se ainda não se deu conta da relevância desse tema, nem sabe o que fazer para capitalizar seus recursos, fique atento às dicas que o CRA-RJ traz para te auxiliar nessa tarefa.

O Adm. Sérgio B. Cardoso, especialista em gestão financeira, destacou que o primeiro passo para o sucesso nessa área é entender que ‘tudo que está relacionado a dinheiro na vida particular [ou familiar] faz parte das finanças pessoais’. A partir daí, é preciso evitar que os gastos sejam maiores do que a receita, revendo as prioridades de investimentos, o que irá promover o equilíbrio necessário. Além disso, ele defende que, ao comprar produtos/serviços, o ideal é que se opte pelo pagamento à vista, evitando juros altos.

“Primeiramente, não devemos deixar de pagar as despesas essenciais, como conta de energia elétrica, água, escola e supermercado. Deve-se também tomar cuidado com as despesas invisíveis, que são aquelas que não fazem parte do orçamento mensal oficial, mas estão presentes no dia a dia. O cafezinho diário, aquela ‘balada’ no fim de semana, o jogo de futebol com os amigos e depois uma cervejinha são exemplos desses gastos imperceptíveis”, explica Cardoso.

Toda a tecnologia disponível no mercado pode e deve ser utilizada para agilizar as coisas e a tomada de decisão. Mas é preciso entender que não adianta ter as melhores técnicas e ferramentas disponíveis, se não houver um compromisso e objetivo claro: economizar.

“Qualquer método usado para controlar as finanças pessoais é valido, mas o que realmente é essencial é ter disciplina. Anotar todas as despesas numa planilha de Excel, aplicativo especifico, caderninho ou em qualquer outro meio. O que não pode ser feito é começar um controle e depois de 30 dias abandonar o projeto”, enfatizou.

Para os interessados no assunto, seguem mais duas dicas valiosas. A primeira é sobre os cursos de Finanças, da Universidade Corporativa do Administrador, oferecidos gratuitamente aos registrados no CRA-RJ. A segunda é a palestra “Finanças Pessoais”, que vai ser ministrada pelo Adm. Sérgio B. Cardoso, no dia 5 de março, às 19h, na sede do CRA-RJ. As inscrições são gratuitas e os participantes receberão certificado.