/O profissional deve sair da zona de conforto para que a criatividade se torne inovação

O profissional deve sair da zona de conforto para que a criatividade se torne inovação

2018-09-04T12:07:58+00:00

O Prof. Ricardo Soares, vice-presidente da IPMA Brasil, realizou a palestra “Inovação e Projetização” na sede do Conselho. O evento teve o intuito de mostrar aos participantes presentes e aos que ouviam pela Rádio ADM-RJ, o processo de inovar e a importância das organizações abrirem esse espaço para os colaboradores.

Para Soares, as organizações devem ter um ambiente criativo e agradável para que os profissionais consigam inovar nas empresas. O professor também ressalta que esse processo é arriscado e que aqueles que lidam diretamente com o assunto devem estar preparados para aprender com os erros e persistir no objetivo.

“Não espere que as suas ideias sejam sempre recebidas de braços abertos, mas se você estiver consciente desse processo mental, vai ser persistente o suficiente para transformá-las em algo factível. Não vai desistir pela frustração de não ter uma aceitação espontânea. Na verdade, vai usar isso como incentivo e desafio”, garantiu o Prof. Ricardo Soares, ressaltando ainda que o profissional deve sempre se inovar e não aceitar o que sempre foi feito ou dito todo o tempo. É preciso sair da zona de conforto para que a criatividade se torne inovação:

“Toda a dificuldade da inovação começa no próprio comportamento do ser humano. Qualquer pessoa que seja um pouco diferente, fica exposta e vira alvo fácil. A ameaça de ser ridicularizado mantém todo mundo dentro das normas”, salientou Ricardo, que reforçou que o risco da inovação pode ser positivo ou negativo e o profissional deve ponderar isso.

Em breve, a palestra completa estará disponível na Rádio ADM-RJ.